Julho 29 2009

publicado por BEoliveirasantamaria às 09:40

Julho 27 2009

Não se esqueçam de desligar o som do Blog no leitor joggle, para poderem ouvir melhor o som dos videos.

publicado por BEoliveirasantamaria às 16:39

Julho 22 2009

Caros concidadãos, o Bloco de esquerda, mais uma vez, e como toda a gente esta á espera, apresentará a sua candidatura a Oliveira Santa Maria, não para servirmos partidos, mas para servimos a freguesia,

.Não me lembrei agora aos 36 anos, que Oliveira precisa de mudar, já o sei á muito tempo, ao contrário de outros candidatos, quem me  conhece bem o sabe, nunca rejeitei convites para trabalhar em prol da freguesia. Ao contrário de outros que na última legislativa não queriam ser políticos, mas, depois de serem convidados a participarem em listas candidatas á junta, renegaram até as suas próprias ideologias para terem o seu momento de protagonismo.

Para quem foi convidado na última campanha legislativa, a fazer parte das listas candidatas á Junta pelo " PS", e deu como resposta:

-"Não sou político".

Que sentido faz essa pessoa á frente de uma candidatura?

Agora passou a ser político? Passou agora ao fim destes ano e ter interesse pela freguesia? Porquê? Porque aparece em primeiro? Quando  foi convidado pelo PS nas últimas eleições e rejeitou o convite, dizendo que não era político, e agora é? Para lutar pela freguesia? Porquê só agora?

Ao candidato da coligação, deixo um desafio e uma  questão:

-" O candidato que a coligação apresenta em Oliveira, que era o candidato que o Sr.  Armindo gostaria de apresentar á 8 anos atrás e que recusou, depois de várias investidas do sr. Arquitecto, agora aceitou, destronando o sr. Presidente da Junta. Porquê e para quê?

Também pelo interesse da freguesia ou para fazer favores? Claro que para fazer favores,   Senão tinha aceitado esse dever á mais tempo, servir a freguesia, e não servir interesses pessoais e partidários.

Por último fica aqui um repto e um desafio á candidatura da Coligação:

-" SE o Candidato do PSD/PP ganhar em Oliveira, cumprirá o mandato até ao fim, ou vai desistir em prol de outros candidatos da Coligação?

Oliveira Santa Maria precisa de seriedade, e a única equipa que a pode garantir é o BLOCO DE ESQUERDA.

 

O candidato: Marcelo Oliveira

 

Comunicado que irá ser disruibuido na freguesia.

publicado por BEoliveirasantamaria às 00:51

Julho 17 2009

O Sr. Presidente da Junta de Oliveira Santa Maria, teve, numa entrevista ao jornal "O Povo Famalicense", a melhor afirmação dos ultimos tempos, a qual o BLoco de Esquerda desta Freguesia concorda plenamente, nunca concordamos nós tanto com o Sr. Presidente como nesta sua afirmação que passamos a citar:

 

"Desde logo porque acho que é positiva a alternância."

 

Também nós, e grande parte dos Oliveirenses e das Oliveirenses, querem a alternância, e como a junta já foi do PS, Independente e do PSD/PP , essa alternância tão desejada por todos, passa pelo Bloco de Esquerda.

 

publicado por BEoliveirasantamaria às 17:15

Julho 16 2009


“É um facto que a votação no Bloco subiu de forma muito visível.
Aqui no concelho triplicamos a votação. Mas isso, para nós, representa fundamentalmente uma enorme responsabilidade. Ficamos muito satisfeitos pelo facto da votação ter triplicado, mas dessa satisfação decorre um grande sentimento de responsabilidade, porque constatamos que cada vez mais gente acredita naquilo que o Bloco de Esquerda propõe.”

Este excerto da entrevista de Ana Marcelino reflete a postura com que avançamos para estas eleições, verdade e responsabilidade.


Veja toda a entrevista aqui.

 

publicado por BEoliveirasantamaria às 18:04

Julho 15 2009

Clique para ampliar
O direito à reforma completa aos 40 anos de descontos foi uma das propostas apresentadas pelos deputados bloquistas que o PS chumbou no parlamento. Nesta pré-campanha, o Bloco insiste na necessidade de justiça para quem trabalhou toda a vida e que a actual lei obriga a continuar a trabalhar para não ser penalizado na reforma. Porque é altura de acabar com o desprezo com que os governos têm tratado tantos milhares de pessoas que trabalham há mais de meio século.

publicado por BEoliveirasantamaria às 11:33
Tags:

Julho 12 2009

 

apre_cand_4.jpgO Secretariado Concelhio de Famalicão do Bloco de Esquerda reagiu em comunicado à imprensa ao anúncio da recandidatura de Armindo Costa. Para os bloquisas famalicenses esta recandidatura representa “a continuidade da política até aqui praticada, de que a arrogância da maioria absoluta no desprezo pela oposição é o expoente máximo.”

Comunicado à imprensa

O recente anúncio da recandidatura de Armindo Costa à presidência da Câmara Municipal de Famalicão veio desvendar um segredo, que não o sendo, manifesta as dificuldades porque passa a coligação PSD/PP.

Os últimos actos praticados pela Câmara Municipal e a “intensa actividade” do presidente Armindo Costa na colocação de primeiras pedras em tudo que é pequena obra, com destaque para as realizadas nos adros das Igrejas, só podiam ser vistos como iniciativas de pré-campanha eleitoral.

Extraordinário é o facto de o anúncio da candidatura não seja para mostrar a obra feita, mas sim para voltar a prometer as mesmas obras que não conseguiu concretizar em 2 mandatos.

Do mandato que Armindo Costa agora termina há a reter uma preocupante discriminação das freguesias em função da cor política que governa a respectiva Junta de Freguesia e a afirmação de um narcisismo condenável, através de propaganda paga pelo município.

O mandato que agora termina foi o mandato em que os famalicenses mais pagaram a factura de uma politica errada, foi o acentuar da crise e a falta de soluções no apoio às famílias, ao tomam medidas para entregar ao capital privado a gestão dos equipamentos desportivos, num negócio ruinoso para o município que irá condicionar o futuro do concelho.

A recandidatura de Armindo Costa manifesta a continuidade da política até aqui praticada, de que a arrogância da maioria absoluta no desprezo pela oposição é o expoente máximo.

Esta recandidatura revela ainda um estranho apego ao poder de Armindo Costa e por outro lado uma manifesta incapacidade de renovação dos partidos que compõem a Coligação e ainda a continuidade de diversos interesses que se foram instalando na gestão do município. 

O Bloco de Esquerda, que se apresenta ao próximo acto eleitoral com o objectivo de impedir a maioria absoluta, apresenta aos famalicenses uma candidatura sustentada num programa de acção para todo o concelho na convicção de que, pela primeira vez, V. N. de Famalicão irá ter um vereador de uma esquerda verdadeira que irá contribuir para a mudança de que o concelho precisa.

publicado por BEoliveirasantamaria às 16:33

Julho 12 2009
Programa para um Governo que responda à urgência da crise social

Ver pdf...
I. QUATRO ANOS E MEIO DE CONTINUAÇÃO DA DEVASTAÇÃO LIBERAL

Durante quatro anos e meio, o Governo Sócrates dispôs de maioria absoluta: teve todo o poder e usou todo o poder. Os resultados foram mais privatizações, a degradação de serviços públicos, a acentuação das injustiças.

Nestes anos em que uma crise nova agravou a crise antiga, Portugal atinge um máximo histórico de desemprego  e de exclusão, num país de pobreza em que a desigualdade é a maior da Europa.

A maioria absoluta reforçou a protecção dos interesses económicos e o rentismo das classes dominantes, habituadas ao privilégio do apoio carinhoso do Estado, à promoção de vantagens para as fortunas, à captação de dinheiros públicos, ao silêncio a respeito das falcatruas. Os escândalos do BCP, do BPN e do BPP revelaram a face escondida desta economia: mais de 4 mil milhões de euros espatifados nos casinos bolsistas, em comissões corruptas em offshores, em contas secretas e mesmo num banco clandestino, em lucros embolsados e numa vertigem de aproveitamento próprio. A regulação liberal conduzida pelo Banco de Portugal e pelos sucessivos governos fechou os olhos e essa é a sua natureza.

Portugal viveu, nestes anos da maioria absoluta do Governo Sócrates, um forte choque social. Esse choque atingiu em primeiro lugar os trabalhadores e as trabalhadoras. Foi alterado o regime da segurança social, com o objectivo de reduzir progressivamente o sistema público de protecção social a uma assistência caritativa, diminuindo o valor das pensões futuras e aumentando a idade da reforma.

Foram impostos o Pacote Laboral e novas regras para os contratos individuais na Função Pública, promovendo a precarização da vida e do trabalho e a prepotência patronal. O resultado é mais de meio milhão de desempregadas e desempregados em 2009, sem contar com aqueles ignorados ou escondidos pela estatística, com um predomínio para o desemprego de longa duração, que se estende entretanto a dezenas de milhares de jovens licenciados. O capitalismo é tóxico: a recessão demonstrou o colapso económico e social de um regime assente em salários baixos, subsídios às impresas, plenos poderes do capital financeiro e corrupção generalizada.

Este choque social provocou uma catástrofe e facilitou o afundamento da economia, mergulhada na mais grave recessão dos últimos 35 anos. O modelo de desenvolvimento liberal tornou-se um pântano. Combater esse pântano é o objectivo do Bloco de Esquerda. O programa de governo que é aqui apresentado demonstra a viabilidade de uma política de esquerda, de um combate pela justiça social e de uma resposta socialista à crise.

Portugal europeu do século XXI, país atrasado e injusto, precisa de um novo ciclo de respostas sociais e este só pode ser criado com a força transformadora de uma política socialista de esquerda. Esse é o objectivo e a razão de ser do Bloco de Esquerda.  
Ver documento integral...
publicado por BEoliveirasantamaria às 16:20

Julho 05 2009


De 17 a 21 de Julho, a revolta não tira férias e conta contigo no Acampamento do Bloco. Num espaço onde impera a auto-gestão, a democracia e a solidariedade, criamos formas de activismo contra as opressões e discriminações que sofremos diariamente. Inscreve-te aqui e vê o programa de actividades .

publicado por BEoliveirasantamaria às 14:15

pesquisar
 
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
14
18

19
20
21
23
24
25

26
28
30
31


comentários recentes
Obrigado pelas palavras de incentivo. Sabes perfei...
Caro Amigo Marcelo Mais uma etapa difícil se avist...
Meu caro Senhor Ricardo, Penso que não leu com ate...
Ora viva Sr. Ricardo, fiquei um bocado admirado co...
Sou um jovem e em principio irei ingressar numa da...
Muitas promessas , e pouca obra apresentada ao fim...
E mais um ano sem espaços ludicos para as nossas c...
estou a gostar de ver!!! muito bem
Bom trabalho. Continuem.CFernandes
RSS